16 de out de 2015

Nova Fátima entra na rota do turismo, totalizando 14 municípios do Norte Paranaense

Prefeitura de Ribeirão Claro/Divulgação

Ribeirão Claro – Além dos seis municípios do Norte Pioneiro divulgados na edição passada como integrantes do Mapa do Turismo Brasileiro, desenvolvido pelo Ministério do Turismo (MTur), mais oito cidades fazem parte da rota nacional, totalizando 14 municípios, classificados em modalidade de categorização de A a E, conforme dados econômicos. Os municípios contemplados são: Assaí – D; Bandeirantes – D; Cambará – D; Carlópolis – D; Cornélio Procópio – C; Ibaiti – D; Jacarezinho – D; Nova América da Colina – E; Nova Fátima – D; Ribeirão Claro – D; Ribeirão do Pinhal – D, Santo Antônio da Platina -C; Siqueira Campos – D e Tomazina - D. O objetivo do levantamento é agilizar as políticas de gestão na área e conseguir atender necessidades específicas de cada cidade. O estudo é referente a dados de 2013. 
O município de Ribeirão Claro é um dos que mais têm se destacado na região, principalmente por suas belezas naturais e pelo diferencial da sua infraestrutura turística, resultado do aumento nos últimos anos de investimentos do poder público - atualmente sob a administração do prefeito Geraldo Maurício Araújo (PV) - e de empresas privadas. O objetivo é oferecer serviços de qualidade, proporcionando momentos de lazer, gastronomia, além de uma beleza natural encantadora. 
Focado no turismo de aventura, Ribeirão Claro oferece diversas opções para os turistas como voo livre, rapel, escalada, cachoeirismo, ciclismo, canoagem, entre outros, com lugares propícios para essas práticas, como o lago gigantesco formado pela Represa Chavantes, morros, cachoeiras, cascatas e trilhas. Entre os atrativos turísticos, destacam-se o Morro do Gavião, a Rampa do Padilha, o Recanto da Cascata e o Tayayá Resort. 
Recentemente, 12 municípios do NP formalizaram a criação de um organismo de fomento de crescimento turístico regional, a Associação Turística do Norte Pioneiro (Atunorpi), com sede em Santo Antônio da Platina (em parceria com a Associação dos Municípios do Norte Pioneiro/Amunorpi), formada pelos seguintes municípios: Bandeirantes, Cambará, Carlópolis, Cornélio Procópio, Ibaiti, Jacarezinho, Nova Fátima, Ribeirão Claro, Ribeirão do Pinhal, Santo Antônio da Platina, Siqueira Campos e Tomazina. A Atunorpi é considerada uma Instância de Governança Regional – IGR, conforme exigência de validação do MTur, e tem como função coordenar, acompanhar e gerir a região turística do Norte Pioneiro. 
Segundo informações da Secretaria Municipal de Turismo, Meio Ambiente, Esportes e Lazer de Ribeirão Claro, a categorização de Ribeirão Claro (classificado em D) poderia ser melhor pela infraestrutura que já disponibilizam e, para isso, pretende refazer no ano que vem seu inventário turístico, cadastrando os novos empreendimentos que surgiram nos últimos anos. "A nossa intenção era ter feito esse levantamento ainda este ano, porém, com a diminuição do repasse do Fundo de Participação dos Municípios, tivemos que adiar o projeto para 2016", informa, em material de divulgação, a secretária Edilaine Cavalhiéri Faganelli. 
O levantamento do MTur é realizado a partir de quatro variáveis de desempenho econômico: número de empregos, de estabelecimentos formais no setor de hospedagem, estimativas de fluxo de turistas domésticos e internacionais.



Ana Paula Nascimento
Reportagem Local - Folha de Londrina

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente