type='text/javascript'/> type='text/javascript'> {lang: 'en-US'}

Parceiros:

Curta nossa página no Facebook

01/08/2014

Impostos sobre presentes para o Dia dos Pais chega a 78%


Índice se refere ao peso sobre preço de perfume importado e mostra importância de reacender debate sobre reforma tributária

Marcos Zanutto
A comerciante Sandra Pigozzo diz que com o sistema de Substituição Tributária ficou ainda mais difícil de trabalhar
Os impostos sobre os presentes mais lembrados para o Dia dos Pais chegam a 78,43% do preço final do produto no caso do perfume importado, segundo o Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT). Em um momento em que o brasileiro colocou o pé no freio e deixou de ir às compras, lojistas temem que as vendas de itens que não são essenciais prejudiquem o resultado do comércio no período. Situação que faz ressurgir o debate sobre a necessidade de uma reforma tributária no País, que torne a cobrança de impostos mais justa.

A arrecadação de tributos é feita hoje de forma regressiva, com maior representatividade sobre o consumo e menor sobre o patrimônio e a renda. Isso faz com que a população mais pobre pague mais proporcionalmente do que a mais rica.

No caso dos presentes para o Dia dos Pais, os impostos sobre um barbeador elétrico (48,11%) ou sobre um televisor (44,94%) serão os mesmos para o trabalhador que ganha R$ 2 mil ou R$ 10 mil ao mês. Porém, proporcionalmente à renda, o custo é maior para quem tem menor poder aquisitivo.

O presidente executivo do IBPT, João Eloi Olenike, afirma que, para o governo, é mais fácil arrecadar na fonte do que esperar a empresa ou a pessoa física prosperarem para então faturar. "Com a tributação sobre o consumo, pesa muito mais para os que tem menor condição financeira porque não há diferenciação na cobrança de impostos", diz.

Ele lembra que mais de 70% dos valores cobrados em tributos hoje é sobre produção e consumo. Uma reforma, porém, está longe de ocorrer, na opinião dele. "Falta vontade política do governo e há um temor de que isso poderia reduzir a arrecadação, o que não é verdade, se houver estrutura, logística e tempo", afirma Olenike.

A mudança, diz, precisa envolver governos federal, estadual e municipal, que vivem em queda de braço por receio de que a receita diminua. "Os estados querem garantias de que não vão perder arrecadação, mas o governo federal poderia criar um fundo para esse fim", diz, ao considerar que, apesar da importância, o tema deve ficar fora dos debates eleitorais por ser desconhecido para a maior parte da população.

Consumo em baixa
Olenike afirma que, no caso de boa parte da lista de presentes mais comuns para os pais, os itens são considerados supérfluos pelo legislador, o que faz com que a tributação seja mais elevada. Ele lembra ainda que há o Imposto de Importação no caso de itens que vêm do exterior, o que restringe mais as compras.

Para a proprietária da La Perfumaria Flor da Pele, Sandra Pigozzo, o próprio lojista acaba penalizado pelo Regime de Substituição Tributária, porque paga os impostos na compra, antes de vender o produto. "Tudo o que fica no estoque é dinheiro parado. Quando abrimos a empresa, era interessante porque fazíamos parte do Simples, que não tinha isso, mas agora é assim para quase todos os produtos", diz. A substituição, conforme Olenike, é prejudicial principalmente para os micro e pequenos empresários.

A gerente da Stop Jeans Thaís Dias afirma que a redução do valor dos impostos, que é de 38,53% sobre a calça jeans, poderia elevar e muito o consumo. Ela conta que as vendas estão muito mais fracas neste ano do que nos anteriores. "No geral, está tudo muito caro e as pessoas acabam tendo de gastar com coisas que consideram mais essenciais do que vestuário ou presentes", diz.

Fábio Galiotto
Reportagem Local-FOLHA DE LONDRINA

Eleições 2014: Marqueteiros prometem campanhas sem ataque


Temas polêmicos não ficarão de fora, mas publicitários garantem que não há espaço para "guerra" entre candidatos

Curitiba - Uma campanha "limpa", focada em propostas e sem ataques gratuitos aos rivais. Essa é a promessa dos marqueteiros dos principais concorrentes ao governo do Paraná. A FOLHA ouviu os profissionais responsáveis por conduzir os programas de sete dos oito candidatos ao Palácio Iguaçu. Apenas Aírton Pissetti, coordenador de marketing do senador Roberto Requião (PMDB), preferiu não se pronunciar antes do início da propaganda no rádio e na televisão. "Não vou abrir nada. Se contar, vou ser revelador para os adversários", justificou-se.

O publicitário Raul Cruz Lima, contratado pelo governador Beto Richa (PSDB), que disputa a reeleição, disse que sua tarefa será simples. "É a campanha do vencedor, de quem está na frente nas pesquisas. Será baseada nas coisas que ele fez e nas coisas que quer fazer, nas propostas para o futuro. A gente espera algo educado, evoluído, e pede para ele não responder a ataques de ninguém", afirmou. O marqueteiro principal do tucano será Paulo de Tarso, que já atendeu Jaime Lerner e o próprio Beto, na época em que ele foi vice de Cassio Taniguchi em Curitiba. No entanto, como o profissional também está conduzindo a campanha de Marconi Perillo (PSDB) em Goiás, Lima ficou encarregado de tocar as ações no Paraná.

Tanto Beto como Gleisi Hoffmann (PT) devem reforçar seus feitos nos cargos por onde passaram. Além do governo do Estado, o tucano irá relembrar do tempo em que foi prefeito da capital. "Estamos numa posição privilegiada. Eles (adversários) é que precisam se virar e mostrar que podem chegar. Se a gente conduzir bem, pode ganhar até no primeiro turno", avaliou Lima. Segundo ele, desde junho de 2013, quando protestos eclodiram pelo País, as pessoas têm mostrado um descontentamento generalizado com a política, o que requer a utilização de uma linguagem mais despojada. "Queremos criar uma campanha baseada na credibilidade, procurar uma forma franca de falar com as pessoas, para que elas possam acreditar. Não serão aquelas promessas de campanha de sempre", adiantou.

A senadora, por sua vez, pretende mostrar a experiência que adquiriu ao chefiar a Casa Civil durante a maior parte da gestão de Dilma Rousseff (PT) na Presidência da República. O publicitário Oliveiros Marques, responsável pela campanha vitoriosa de Gustavo Fruet (PDT) em Curitiba, em 2012, e da própria senadora em 2010, conduzirá as ações da petista. Apesar de não poupar críticas aos problemas financeiros enfrentados pela administração estadual, ele contou que quer evitar a disputa "bélica". "Não nos preparamos para a guerra. Vamos fazer um debate sobre o futuro do Paraná. Não constam para nós elementos de ataque aos adversários."

Além de pontuar o que Gleisi "já fez pelo Paraná", em referência aos repasses de recursos federais para obras em diferentes áreas no Estado, Marques deve enfatizar a "linguagem feminina" da petista. "A gente não vai fazer uma campanha de ‘vote nela por ser mulher’. Não acredito que o eleitor se mova por isso. Mas a mulher tem sim uma forma de se relacionar com os assuntos diferente. Isso se mostra no cotidiano, nas preocupações, na forma de lidar com os problemas", explicou. "Quero alguém brigando com todo mundo, ou quero uma governadora que dialoga, que trabalha pelo consenso e pela cooperação? Não tem como não explorar esse lado, porque isso ‘é ela’", completou.

Crise e "discriminação"
Como ficou claro nos planos de governo protocolados junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), tucanos e petistas devem levar a questão dos empréstimos para os palanques. Ambos, porém, negam que as discussões signifiquem "ataques". "A Gleisi e o Requião representam o mesmo governo federal, a mesma crise que a gente está vivendo. O Paraná tem dois senadores que, ao invés de ajudar, têm atrapalhado a situação. Somos o terceiro Estado que mais manda impostos para o governo federal e o 24º ou 25º em volume recebido de recursos. É discriminação", disparou Raul Cruz Lima.

Para Oliveiros Marques, as informações sobre a crise financeira enfrentada pelo Estado representam "um diagnóstico", e não uma crítica. "O próprio governador, ao admitir a necessidade de buscar financiamento, deixa isso claro. Só recorre a empréstimo quem está precisando de grana", alfinetou. "É fato que eles gastaram 9%, quando deveriam gastar 12%, do orçamento em saúde, assim como é fato que isso impede a contratação de qualquer operação de crédito. Falar que é perseguido é ‘discurseira’, tentativa de maquiar o diagnóstico", acrescentou.

A campanha eleitoral já está nas ruas há quase um mês e o início da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão está marcado para o próximo dia 19.

Marco Jacobsen
Mariana Franco Ramos
Reportagem Local-folha de londrina

31/07/2014

Em Congonhinhas, na ultima eleição Beto perdeu e Dilma ganhou !


Nas eleições de 2010, o então candidato a governador, Beto Richa, não foi muito bem das pernas em Congonhinhas, na cidade gelada do norte paranaense, Osmar Dias candidato naquela época teve 2.764 votos contra 1.855 votos de Beto Richa.

 A Primeira mulher presidente do Brasil também venceu aqui, chegando a 58% dos votos, obtendo 2.780 votos.

 Atualmente a situação é outra, Beto Richa não tem mais que disputar com Osmar Dias, mas sim, com Gleisi Hoffmann e Roberto Requião, que foram eleitos senadores, e os dois mais votados em Congonhinhas, cada um com pouco mais de 3.000 votos.

 Congonhinhas, não é uma grande cidade, com grandes números de eleitores, mas mesmo com pouco mais de seis mil eleitores, faz diferença no resultado final.

Confira quanto cada um Beto Richa, Roberto Requião e Gleisi Hoffmann obtiveram de votos em algumas cidades da região norte paranaense, e nos outros cinco maiores colégios eleitorais do Paraná, lembrando que Beto Richa concorria a Governador e Requião e Gleisi a Senadores.

                          Congonhinhas       Cornélio Procópio     Nova Fátima   Ibaiti
Beto Richa               1.885                       13.690                2.018          8.739
Requião                    3.060                      13.517                2.863          10.133
Gleisi                        3.072                       15.672               2.751          10.260

           
                          S. Antônio do Paraíso  S. Antônio da Platina  Curiúva  Jacarézinho Figueira
Beto Richa                           911                          13.104           3.551       12.197       1.942
Requião                               1.056                       14.059           3.902       13.864       3.185
Gleisi                                   1.094                        12.884          4.047        13.486      3.218


                          Curitiba       Londrina      Maringá      Foz do Iguaçu      Ponta Grossa
Beto Richa          690.823      190.000         89.145        65.458              108.345
Requião              305.159      76.412           68.050        39.925                67.615
Gleisi                  413.993       91.526          82.207         90.507               91.156


Confira os Deputados Federais, Estaduais e Senadores mais votados em Congonhinhas na ultima eleição.


Esta é a lista com os mais votados e eleitos nas eleições de 2010:

Os 4 Deputados Federais eleitos mais votados em Congonhinhas:

Alex Canziani 1.923 votos
Fernando Franscischini 1.220 votos
João Arruda 277 votos
André Luiz Vargas Ilario 152 votos

Os 3 Deputados Estaduais eleitos mais votados em Congonhinhas:

Romanelli 1.693 votos
Hermas Brandão Junior 1.308 votos
Alexandre Cury 329 votos

Os 2 Senadores eleitos mais votados em Congonhinhas:

Gleisi Hoffmann 3.072 votos
Roberto Requião 3.060 votos

Será que após 4 anos de mandatos, estes mesmo políticos conseguirão o mesmo feito, lembrando que alguns destes não lembraram de Congonhinhas em seus mandatos !

Professores e Funcionários da Rede Municipal de Ensino fizeram capacitação em Congonhinhas


Foi realizado no dia 28 de julho de 2014, a Capacitação aos Professores e Funcionários da Rede Municipal de Ensino, a qual contou com as Palestrantes Elizabeth Pulido Frota e Alessandra Fragoso, ambas Psicólogas do Município de Congonhinhas e consideradas "Pratas da Casa". Os temas trabalhados foram Motivação e Qualidade de Vida e Transtornos da Personalidade,enfocando as fases de desenvolvimento da criança!
No dia 29 os professores reuniram-se para a elaboração do planejamento para o 2º semestre.


Secretaria Municipal de Educação 

Ocorrências Policiais / 18º Batalhão


ESTELIONATO CORNÉLIO PROCÓPIO:

 Por volta de meio-dia e meio equipe PM deslocou a determinada loja da Rua Massud Amin, onde um indivíduo aparentando ter 45 anos, e se fazendo passar por cliente realizou uma compra de roupas no valor de R$ 6.800,00 reais alegando que iria revender as roupas em oura loja de sua propriedade. Que enquanto a balconista ligava para a proprietária para verificar se essa aceitaria um cheque do Banco Itaú no nome de uma terceira pessoa, o falso cliente apanhou as mercadorias colocou-as em uma camioneta VW/Saveiro (branca) com um outro indivíduo que já o esperava no interior do veículo e fugiram tomando rumo ignorado. O cheque de terceiro dado na loja, provavelmente furtado ou adulterado constava com o nome de Arlen Francyele de Souza). Qualquer informação favor repassar ao 190 da PM.

FURTO / RECEPTAÇÃO CORNÉLIO PROCÓPIO:


 Por volta de 22h15m equipe PM logrou êxito em prender em flagrante tanto a um ladrão de som automotivos, como também o a um receptador. Ambos já vinham sendo observados há algum tempo, sendo que, dessa última feita o acusado por prenome Marcelinho, 27 foi flagrado logo após quebrar a ventarola de um veículo estacionado na Rua Quintino Bocaíuva, de onde subtraiu um som automotivo da marca Motorola. Após ser flagrado minutos depois pela equipe de serviço, na Vila d! Antena, o réu acabou por delatar o receptador, por prenome Bruno, 21 anos, o qual disse ter pago R$ 20,00 reais pelo aparelho. Logo ambos seguiram encaminhados para o devido procedimento legal. OBS: O receptador alegou que o gatuno revende mercadorias furtadas por preço baixo uma vez que ele é usuário de drogas.

ATENDIMENTO EM LOCAL DE ÓBITO ANDIRÀ: 


Ás 22h20m equipe PM recebeu denúncias de que no cruzamento da Rua Caramuru com Rua 19 de Dezembro havia uma pessoa caída e ferida no chão. Já no local foi encontrado já sem vida e com um corte na altura do pescoço e queixo a pessoa de Márcio Fernando da Silva Prado, 27 anos. Diante do exposto o local foi mantido preservado até a remoção do corpo pelo IML. Por sua vez, a polícia já possui alguns dados que possibilitarão chegar até o autor do crime.

Acompanhe !

Envie a seus amigos !

Comente

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

CLICK NA IMAGEM!

Site Grátis