Patrocinadores

Patrocinadores

5 de jul de 2015

Nota de Falecimento


Faleceu hoje as 00:20, no Hospital Municipal de Congonhinhas AOS 85 ANOS o senhor LUCINIO FRANCISCO DE OLIVEIRA, pai do Zé Turbina. Seu velório esta sendo realizado em sua residencia, proximo ao Centro Odontológico. O sepultamento será hoje as 16:00 no Cemitério Municipal de Congonhinhas.
Desde já a família enlutada agradece amigos e familiares que se fizerem presentes.
Informou a Funerária Nossa Senhora Aparecida

Realizada em Congonhinhas a XII Conferência Municipal de Saúde

 Realizou no centro cultural, na ultima sexta-feira (03), a XII Conferência Municipal de Saúde, com o tema "Saúde Pública de Qualidade para Congonhinhas", com a presença de muitas pessoas, entre elas o prefeito municipal, Drº José Olegário, vice-prefeito, vereadores, secretários, funcionários da saúde e comunidade.
 O município de Congonhinhas tem um dos sistemas de saúde mais eficiente da região, os investimentos nesta área são muito, como reforma em postos de saúde dos patrimônios, UBS, contratação de médicos e enfermeiros, aquisição de ambulância entre outros, que fazem da saúde do município de Congonhinhas uma das melhores da região.


4 de jul de 2015

Confira os ganhadores dos ingressos do Baile da Rainha do Rodeio de Santo Antônio do Paraíso


Os ganhadores do sorteio de ingressos para o Baile da Rainha do Rodeio de Santo Antônio do Paraíso foram Thais Camila de Moraes e Karina Souza! Parabéns.

 Curta a página do National Noticias no Facebook e participe de muitas promoções!

 Os ganhadores devem entrar em contato pelo número 84242206 até às 15:30 de hoje para retirar seu ingresso.

Agradecimentos a Arena Mix pela parceria!

Ainda da tempo de adquirir seus ingressos!
Vendas em Congonhinhas:
FARMAIS - LANCHONETE DELEITE

Em Congonhinhas Policia Militar prende acusado de roubo


 Ás 14h15m do di 03 de julho de 2015, através de diligências, equipe Policial Militar conseguiu sucesso na prisão de um indivíduo por alcunha “Gilbertinho”, 29 anos, acusado de um roubo contra um estabelecimento comercial minutos antes. Que o acusado foi encontrado próximo ao Terminal Rodoviário e devidamente reconhecido pela vítima. Cabe frisar que o suspeito já possuía outras passagens pelo mesmo tipo de prática delituosa. Por fim, encaminharam-no para o devido procedimento legal.

3 de jul de 2015

Policia Ambiental e IAP apreendem pássaros silvestres em cativeiro no município de Congonhinhas

Fonte: Anunciofácil
Imagem Ilustrativa - Foto/Reprodução: Google
Fiscais do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), juntamente com policiais militares ambientais apreenderam na tarde de quinta-feira (2), cerca 27 de pássaros da fauna brasileira, que estavam presos em cativeiro em uma propriedade na região Congonhinhas.

De acordo com Cícero Aparecido Fonseca, fiscal do meio de ambiente do IAP, a princípio a entidade havia recebido uma ligação da Polícia Militar Ambiental de São Sebastião da Amoreira, informando que denúncias davam conta que em uma determinada propriedade do Distrito Santa Maria do Rio do Peixe, o morador mantinha presos pássaros silvestres.

Diante do fato, fiscais do IAP e PMAs foram até o local, onde constataram o fato, encontrando gaiolas com os pássaros nativos presos sem autorização do órgão competente.

Os moradores do local afirmaram desconhecer a lei, além de se justificaram que na casa havia uma pessoa com problemas de saúde e os pássaram ajudavam em seu tratamento.

Os pássaros e as gaiolas foram apreendidos e encaminhados ao veterinário para avaliação e posterior soltura em seu habitat natural, informou o fiscal do IAP.

O responsável por manter os animais em cativeiro foi encaminhado à delegacia da Polícia Civil de Congonhinhas, onde foi atuado por crime ambiental.

Representantes do Ministério da Saúde visitam Congonhinhas, e parabenizam pelos trabalhos no CAPS






No dia 02 de julho de 2015, estiveram em visita ao município de Congonhinhas, representantes do Ministério da Saúde, o qual vieram acompanhar o trabalho realizado no CAPS, onde o município de Congonhinhas é referência pelo serviço prestado a toda região da 18º Regional de Saúde.
 O prefeito municipal, Drº José Olegário disse que é um prazer atender a todos os municípios, e que o CAPS tem ajudado muitas pessoas que necessitam deste atendimento a saúde mental.
 Estiveram em visita a Congonhinhas, Cristina, Diretora Administrativa do CISNOP, Cecília, Coordenadora do CAPS, Nadia, Apoiadora do ministério da Saúde para o Paraná, Juliano, Chefe do Departamento  de atenção as condiões crônicas, Eder, Coordenador de Saúde Mental da 18º Regional de Saúde e Regiane, Coordenadora Estadual do SIMPR.
 Os visitantes tiveram um reunião na sede da prefeitura e parabenizaram pelo serviço que esta sendo realizado no município e logo após foram ao CAPS para ver como anda os trabalhos no local.
 Durante a visita, uma representante de outra cidade agradeceu ao prefeito municipal e toda equipe por prestarem um ótimo serviço, atendendo a todos de braços abertos.

2 de jul de 2015

Contas do ex-prefeito Luciano Merhy, de Congonhinhas, são reprovadas


 A Câmara de Vereadores de Congonhinhas, em sessão realizada no dia 30 de junho de 2015, votaram as contas do ex-prefeito de Congonhinhas,  Luciano Merhy (PTB), do ano de 2009, que foi rejeitada pela maioria dos vereadores.
 O Tribunal de Contas do Estado do Paraná emitiu parecer apontando diversas irregularidades que culminam pela rejeição das mesmas junto àquele órgão fiscalizador. Cinco vereadores acompanharam a orientação do Tribunal de Contas do Estado do Paraná e quatro vereadores que compõe o grupo do ex-prefeito votaram contra a orientação do TCE.
 Segundo o Presidente da Câmara de Vereadores, houve estrita observância aos trâmites legais, conforme previsto no Regimento.
 As irregularidades apontadas pelo TCE e que levaram à rejeição das contas, são as seguintes:
-Movimentação de recursos financeiros em instituições financeira privada.
-Abertura de créditos adicionais acima do limite autorizado.
-Não encaminhamento das leis de alterações orçamentárias.
-Ausência do extrato da conta bancária com saldo em 31/12.
-Omissão de conta corrente no sistema informatizado.
-Ausência de comprovação dos saldos da Dívida Fundada.
-Ausência de pagamento da Dívida Fundada - Confissão de Dívida com o RPPS.
-O questionário de atuação da saúde e do Conselho Municipal de Saúde indica situações irregulares.

COMUNICADO AOS BENEFICIÁRIOS DAS 85 UNIDADES HABITACIONAIS


Associação de Moradores unidos Pioneiros AMUP, Convoca todos os beneficiários das 85 unidades habitacionais, que estão sendo construídas ao lado do Estádio Municipal Frei Demétrio, para trazer cópias do RG, CPF e Certidão de Nascimento ou Casamento na Prefeitura. Falar com Aparecido

TA CHEGANDO - Escolha da Rainha do Rodeio de Santo Antônio do Paraíso


Depois de manobra, Redução da Maioridade Penal é aprovada

Vinte e quatro horas depois de ver rejeitada a redução da maioridade penal para crimes hediondos e graves, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), conseguiu aprovar uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) mais branda costurada por ele com seus aliados. 


Luis Macedo / Câmara dos Deputados




Após uma manobra apelidada pelos deputados governistas de "pedalada regimental" e mais de cinco horas de discussão sem manifestantes, mas com direito a dedos em riste e medidas procrastinatórias por parte dos partidos da base do governo, os parlamentares aprovaram por 323 votos a favor, 155 contra, duas abstenções e quatro obstruções a proposta que determina que jovens com mais de 16 e menos de 18 anos sejam punidos como adultos quando praticarem crimes hediondos, homicídio doloso (com intenção de matar) e lesão corporal seguida de morte.

O texto também determina que os criminosos desta faixa etária cumprirão pena em unidades específicas que devem ser construídas por União e Estados. Cunha articulou a solução com seus aliados ainda na madrugada de ontem. Líderes do PSD, do PHS e do PSC apresentaram a emenda que excluía dos crimes passíveis de redução da maioridade tráfico, roubo com causa de aumento de pena, terrorismo e lesão corporal grave, como previa o texto rejeitado ontem por ter atingido apenas 303 votos. Por se tratar de uma PEC, eram necessários 308 votos.


Gustavo Lima/Câmara dos Deputados




Deputados governistas acusaram Cunha de golpe e disseram que irão recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF). "Não imagine que com atitude ditatorial vai intimidar quem quer que seja. Com atitude ditatorial o senhor não vai fazer com que seus interesses prevaleçam. O Parlamento brasileiro não é a casa de vossa excelência", esbravejou o deputado Glauber Braga (PSB-RJ).

Cunha reagiu: "Não se dê o direito de desrespeitar o presidente da Casa", afirmou. "Quem não concorda com a decisão, recorra à CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) ou ao STF".
Para os governistas, Cunha armou um "golpe regimental" por não ter se conformado com a derrota da medida que defende. Os deputados argumentam que esta emenda aglutinativa não tem fundamentação em propostas apresentadas durante o período de discussão da sessão de ontem e, portanto, não poderia ser votada.

"Ele não aceita derrota. Esta aglutinativa não tem suporte de conteúdo", afirmou a líder do PC do B, Jandira Feghali (RJ). "Vamos lutar para evitar um golpe regimental", disse a deputada antes da votação.

O deputado Weverton Rocha (PDT-MA) disse que Cunha praticava uma "pedalada regimental", em alusão às pedaladas fiscais. Já o deputado Chico Alencar (Psol-RJ) disse que o presidente da Casa estava cometendo um estupro do regimento. "Há uma violência na interpretação da matéria".

Aliados de Cunha negaram manobra e dizem que a aglutinativa é regimental, pois baseia-se em elementos do texto original, ainda não votado. "PECs não votadas podem ter partes de seu texto aglutinadas em um texto de consenso. Não é manobra. É um caminho legítimo", afirmou o líder do DEM, Mendonça Filho (PE).

Senado

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), anunciou ontem que criará uma comissão especial para discutir a questão. A avaliação dos senadores foi de que não faz sentido aprovar alterações no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) sem que a Câmara termine a discussão sobre alterações na Constituição.

"Vou conversar com os líderes. Vamos criar uma comissão, para que nós possamos apreciar, num esforço só, todas as matérias relativas à redução da maioridade penal e as alterações no ECA", afirmou Renan.
Bonde

1 de jul de 2015

Convite - Conferência Municipal de Saúde


Jogos da Juventude do Paraná são cancelados


Os Jogos da Juventude do Paraná (Jojup’s) não serão realizados este ano em virtude do atraso no calendário escolar provocado pela greve de 49 dias dos professores da rede estadual. A decisão partiu da Secretaria de Estado do Esporte e do Turismo.

Em comunicado divulgado ontem, a Secretaria destaca que nas 14 cidades sedes dos Jojup’s, nas fases Regional e Final – Divisões A e B, as escolas estaduais servem como alojamento dos participantes e para isso as aulas precisariam ser interrompidas, o que causaria problemas no cumprimento dos conteúdos curriculares exigidos e na presença de alunos e professores nas salas.

De acordo ainda com Secretaria, algumas associações de municípios se manifestaram oficialmente contrários à realização dos Jogos em razão da greve dos professores. O comunicado foi assinado pelo diretor Geral, Alberto Martins de Faria, e pelo coordenador de Esportes, José Alberto de Campos.

O técnico do time de basquete masculino de Londrina, Bruno Lopes, lamentou o cancelamento da competição e teme pelo futuro de muitos atletas. "Ficamos todos muito chateados e principalmente os atletas do último ano, os sub-18, que agora não terão mais competição para disputar. A cidade de Londrina tem muita tradição nos Jojup’s e é uma competição aguardada durante todo o ano", ressaltou o treinador.

O presidente da Fundação de Esportes de Londrina (FEL), Vilmar Caus, comparou os Jogos da Juventude como a Copa do Mundo do esporte paranaense e afirmou que o cancelamento da competição causa tristeza em toda a comunidade esportiva. "O Jojup’s tem muito prestígio no Estado, porque vincula a prática esportiva com a pedagogia. É o ponto alto já que o atleta vai integrar a seleção da sua cidade", apontou.

De acordo com Caus, o cancelamento dos Jojup’s não atrapalha a filosofia de disseminação esportiva na cidade e nem vai prejudicar as modalidades que firmaram convênios com o município, através do Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (Feipe), para a disputa dos Jogos da Juventude, em um valor total de r$ 650 mil. "A parceria, entre a prefeitura, as associações e os técnicos é para o desenvolvimento do esporte como formador em toda a cidade e isso não se faz de um ano para o outro", relatou.
Lucio Flávio Cruz
Reportagem Local-folha de londrina

Impostômetro alcança R$ 1 trilhão - Paraná arrecadou R$ 11,2 bi


Na segunda-feira (29), o Impostômetro, painel eletrônico instalado na fachada da Associação Comercial de São Paulo, registrou R$ 1 trilhão em tributos arrecadados em todo o país nas três esferas de governo desde 1º de janeiro até hoje. No Paraná, foram arrecadados R$ 11,2 bilhões. O imposto arrecadado no Estado viabilizaria a construção de 320,2 mil casas populares.
 No ano passado, levantamento da Gazeta do Povo com dados de 2002 a 2013, revelou que, em média, o paranaense destinou R$ 42,60 em impostos para Brasília para receber R$ 1 em empenho de recursos para obras ou aquisição de equipamentos no estado. No ranking dos 27 estados, o Paraná fica em 24.º lugar. Em relação ao volume total de arrecadação federal, o estado era, em 2002, o 5.º em contribuição por habitante. Entre 2003 e 2010, variou entre 4.º e 6.º na comparação per capita. Nos últimos três anos, ficou duas vezes em 6.º até voltar ao 5.º lugar em 2013.

Pronatec agoniza e vagas caem 86% só no Paraná



Uma das principais vitrine do governo Dilma Rousseff (PT), o Pronatec teve suas inscrições abertas ontem, não escapou dos cortes orçamentários, e teve uma queda brutal no número de vagas ofertadas. No Paraná, as vagas caíram 86% e em Curitiba, 91,13%. No estado, estão disponíveis somente 4.640 vagas - 430 na Capital. As informações são do Bem Paraná.

A diminuição de vagas já havia sido anunciada pelo ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, no começo do mês de junho. Em todo o país, estão disponíveis um milhão de vagas contra os três milhões ofertadas no ano passado, uma queda de 66%. Isso significa que o Paraná, embora seja o quarto estado com mais vagas, atrás apenas de Minas Gerais (18.357), São Paulo (14.991) e Rio Grande do Sul (4.810), foi um dos mais afetados pelos cortes.



De acordo com dados do Ministério da Educação, o número de vagas ofertadas somente em Curitiba no ano passado (4.850) já supera o total disponível para o estado neste ano. Além disso, a demanda estará longe de ser suprida. Na capital, há cerca de nove mil pessoas que procuram os cursos técnicos para se aperfeiçoar profissionalmente de forma mais rápida. Ou seja, menos de 5% desse público será contemplado pelo Pronatec.

Segundo Diogo Richartz Benke, diretor geral do TECPUC, todos já esperavam que houvesse uma redução no número de novas vagas, mas ninguém poderia imaginar que esse corte seria tão significativo. “Eu acho que o mercado inteiro, inclusive o Setec (que cuida desse segmento dentro do MEC), não esperava uma queda tão grande. Imaginávamos uma queda de até 35% nas novas vagas, mas não algo em torno de 90%”, diz.

O espanto é compreensível. No ano passado, em meio à disputa eleitoral, não foram poucas as vezes que Dilma Rousseff, então candidata à reeleição, exaltou o Pronatec. Em uma das ocasiões, ela ainda destacou que “a qualificação profissional e a educação são formas de saída da pobreza e do analfabetismo”. Depois, veio ainda a promessa de que, até 2018, seriam asseguradas 12 milhões de matrículas. Isso significa que, para alcançar a meta, o governo terá de criar nos próximos anos mais de 2,5 milhões de vagas anuais.

“Com essa queda, nós já estamos defasados quanto à meta do próprio MEC. Isso aumenta o abismo entre a necessidade da indústria e o que é ofertado no ensino”, afirma Benke. “Em países cuja sociedade é parecida com a nossa, como o Chile e a Argentina, o volume de técnicos no mercado chega a 30% da mão de obra. Em países mais desenvolvidos, como o Japão e a Alemanha, esse índice é de 60%. E no Brasil estamos rodando em torno de 9,5%. Perdemos o bonde e podemos ficar para trás por um bom tempo”, lamenta.

Embora ainda não seja possível prever de que forma o corte nos investimentos do Governo Federal irá afetar as instituições de ensino, as previsões não são otimistas. Segundo Benke, diante do cenário em que a maioria dos alunos estão acostumados com a ideia de que o curso técnico é gratuito, será difícil convencê-los a pagar pelo ensino. Para as instituições, isso deverá refletir com uma forte retração.

“Agora as instituições terão de se readequar a essa nova realidade. Provavelmente, alguns cursos irão acabar por não serem tão atrativos da forma paga, então vai ter de enxugar o porfolio de cursos. E também aqueles cursos que abriam três, quatro turmas, vão ter de reduzir o número”, avalia Benke.

Repasse federal às instituições está atrasado
No final do ano passado, o governo federal já havia atrasado os repasses para o Pronatec. Em fevereiro, o MEC anunciou a liberação de R$ 119 milhões para regularizar o pagamento de professores que lecionam no por meio de escolas particulares, valor que corresponde aos meses de outubro, novembro e dezembro do ano passado. Neste ano, porém, os atrasos persistem.

“O Brasil inteiro hoje ainda tem prestações a receber, não somos nós do TECPUC. Todas as instituições ligadas ao Pronatec estão com no mínimo três parcelas em atraso”, revela Diogo Benke.

A situação é tão dramática que algumas escolas técnicas chegaram a suspender as aulas e demitir professores por conta dos atrasos, segundo revelou reportagem da Folha de S. Paulo do dia 30 de março. No Paraná, o colégio Futura foi um dos que suspendeu as aulas, afetando 220 alunos por conta dos atrasos.

Houve duas mudanças no calendário
Não bastasse o corte no número de novas vagas, o Pronatec ainda mudou por duas ocasiões seu calendário. No primeiro cronograma, as inscrições começariam em março, mas foram adiadas para maio. Depois, um novo edital anunciou que as inscrições aconteceriam somente em junho, o que inviabiliza a realização de uma segunda edição do programa, a exemplo do que aconteceu em 2014.

“O maior problema das mudanças não foi atrapalhar o início das aulas, mas tornar impossível a realização de duas entradas em 2015, uma no 1º e outra no 2º semestre. Como as aulas começam em agosto, não vai ter como abrir um novo edital para oferecer novas vagas. Então a entrada do 1º semestre ficou para o 2º e a segunda entrada não vai acontecer”, comenta o diretor geral do TECPUC.

Inscrições
As inscrições para o Pronatec foram abertas ontem e podem ser feitas pela internet, na página do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). O prazo termina às 23h59 do dia 3 de julho. O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 07 de julho e o da segunda chamada, em 14 de julho. O início das aulas ocorre entre os dias 3 e 31 de agosto. Para se inscrever, o aluno deverá acessar o site do Sisutec (http://sisutec.mec .gov.br). É necessário ter concluído o ensino médio e ter feito o Enem de 2014 para participar do processo de seleção. Em caso de concorrência, o programa dará prioridade para alunos que tenham cursado o ensino médio na rede pública ou como bolsista integral na rede privada.

Vagas

Pronatec - Curitiba
2015: 430 vagas
2014: 4850 vagas

Vagas em Curitiba
Colégio Técnico de Curitiba
- 30 vagas em informática para internet (tarde)

Universidade Positivo
- 100 vagas em enfermagem (tarde)
- 100 vagas em citopatologia (tarde)
- 100 vagas em meio ambiente (tarde)

TECPUC
- 100 vagas em segurança do trabalho (noturno)

Pronatec – Paraná
2013: 17.517 vagas
2014: 33.204* vagas
2015: 4.640 vagas

*O programa teve duas edições

ProUni
1º semestre 2013
12.671 vagas
2º semestre 2013
6.551 vagas
TOTAL: 19.222 vagas

1º semestre 2014
16.572 vagas
2º semestre 2014
8.165 vagas
TOTAL: 24.737 vagas

1º semestre 2015
19.775 vagas
2º semestre 2015
5.003 vagas
TOTAL: 24.778 vagas

27 de jun de 2015

Município de Congonhinhas é pioneiro na elaboração e renovação do plano de resíduos sólidos





 O município de Congonhinhas é  pioneiro na realização do plano de resíduos sólidos e também na renovação do mesmo, sendo o único município da região a já estar com o plano, este que é feito para que todas medidas para que sejam preservadas o meio ambiente, redução de produção de resíduos sólidos, o reaproveitamento e a disposição correta de resíduos não recicláveis.
 Durante seu discurso, o prefeito municipal, Drº Jose Olegário salientou que os congonhinhenses tem a tradição de cuidar bem do meio ambiente, e lembrou mais uma vez que o município é pioneiro na renovação deste plano e também na construção do aterro sanitário no ano de 1999, sendo um dos primeiros municípios do Paraná a contar com o mesmo.

 Três pontos importantes dos itens do plano:
-Executar o programa municipal de educação ambiental
-Equipamentos adequados para os trabalhadores e associados
-Aumentar a eficiência da coleta seletiva



Comente