27 de mar de 2015

Experimento faz homem enxergar objeto a 50 metros no escuro


Veja
Time de biohackers divulga procedimento que injeta olhos com visão noturna
Um grupo de biohackers alega ter inventado um método que dá ao olho humano a capacidade de enxergar no escuro - precisamente, até 50 metros de distância, por um curto período de tempo. Os bioackers são pessoas que modificam o corpo com implantes, chips e segmentos robóticos com o objetivo de experimentar novas sensações e testar os limites humanos - à margem dos rigores da pesquisa científica. Alguns deles fazem parte do movimento transumanista.
Baseados na Califórnia, biohackers do grupo Science for the Masses injetaram no olho de um voluntário, com uma agulha, uma substância chamada clorina e6, utilizada para tratar cegueira noturna e encontrada em alguns peixes de águas profundas. "Há uma quantidade razoável de estudos com a injeção da substância nos olhos de ratos, e ela também já foi administrada intravenosamente nos anos 1960 no tratamento de diferentes tipos de câncer", afirmou ao site Mic Jeffrey Tibbetts, encarregado médico do Science for the Masses. "Depois de fazer a pesquisa, você precisa dar o próximo passo."
A clorina e6 foi injetada em uma área dos olhos chamada saco conjuntival - a mesma onde se aplica um colírio -, de onde se espalhou para a retina do voluntário, Gabriel Licina. Depois de uma hora, em um teste em um lugar escuro, Licina enxergou símbolos e pessoas a uma distância de 50 metros. Ele reconheceu figuras distantes em 100% dos casos, enquanto o grupo de controle acertou as imagens 30% das vezes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente