25 de mar de 2014

PREFEITOS INTEGRANTES DA AMUNOP QUEREM RECURSOS DOS GOVERNOS


Os prefeitos e prefeitas que integram a Associação dos Municípios do Norte do Paraná, Amunop, querem mais recursos dos governos do estado e do país. Pelo menos esta foi a tônica da reunião ordinária realizada recentemente em sua sede, em Cornélio Procópio. 
Segundo o presidente da entidade, Celso Silva, prefeito de Bandeirantes, a disparidade é muito grande em relação a outras regiões. Ele citou o caso da cidade de Bituruna, no sudoeste, que recebeu a fundo perdido do governo do Paraná, R$ 7.817.195,00,  enquanto todos os 19 municípios da Amunop receberam apenas R$ 6.658.940,00. “Bituruna é a cidade do presidente da Assembleia, Valdir Rossini e se tem esta representatividade, certamente foi beneficiada por isso, mas que fica no mínimo estranho um valor tão alto, isto não tem como contestar”, afirmou Celso Silva. 
Ainda durante o encontro, o presidente da Amunop apresentou as decisões que foram debatidas durante a reunião da Associação dos Municípios do Paraná, AMP, realizada recentemente na cidade de Foz do Iguaçu, com a diretoria da Associação e presidentes de todas as Associações de Municípios do Estado do Paraná. Celso Silva afirmou que toda a diretoria da AMP e os representantes das 19 associações regionais dos municípios do Estado, deverão iniciar nos próximos dias, um movimento estadual em defesa das prefeituras. Os detalhes das manifestações ainda estão sendo definidos e serão anunciados nos próximos dias, mas os prefeitos pré-agendaram os protestos para este dia 25 de março (em Brasília) e 11 de abril (em Curitiba). 
Eles querem chamar a atenção dos Governos Federal e Estadual, bem como dos deputados federais, estaduais e senadores, para problemas como as dificuldades dos contadores dos municípios de atenderem às obrigações impostas pelo SIM-AM (Sistema de Informações Municipais do Tribunal de Contas do Estado); a desigualdade na distribuição dos recursos entre União, Estados e Municípios; e as exigências do Ministério Público em relação aos prefeitos. Durante a reunião, os prefeitos aprovaram por unanimidade a Prestação das Contas Anuais do ano de 2.013, que já havia sido analisada e aprovada pelo Conselho Fiscal da Amunop. O prefeito Fred Alves, de Cornélio Procópio sugeriu ao presidente da Amunop que estude a possibilidade de a entidade contratar um profissional que acompanhe a movimentação de programas e projetos em Brasília, para serem repassados aos prefeitos.

FONTE - NP DIARIO

Comente