6 de jan de 2014

Grávida de Amoreira tem que esperar por ambulância de Santo Antônio


Ao visitar o Hospital Municipal de São Sebastião da Amoreira, em 31 de dezembro, morador testemunha caso de grávida que, na falta de ambulância no município, teve que contar com veículo da Saúde de Santo Antônio do Paraíso. A seguir seu relato:
"Estive pela manhã acompanhando minha mãe a uma consulta e tive o desprivilegio de presenciar uma mulher que estava grávida e teve que esperar a ambulância da cidade de Santo Antônio do Paraíso (10) para levá-la para um Hospital, onde ela pudesse ganhar seu bebe, pois aqui em Amoreira não temos mais hospital. A ambulância do 10 chegou depois de um tempo e foi levá-la mas logo que saiu teve que voltar pois ela já estava ganhando a criança dentro da ambulância. E Amoreira sem ter hospital ganha no ultimo dia do ano um amoreirense, pois não deu tempo. Minha indignação: como pode uma cidade ficar descoberta sem ambulância para transportar os doentes numa data como essa, onde tem festa na praça e na cidade toda e na região onde pode acontecer um acidente e ate alguém da família da gente poder precisar. Isto é um absurdo".
Fonte: Revelia

Comente