14 de nov de 2013

Comissão da UFPR destaca indicadores de C. Procópio para implantação do curso de medicina


Uma comissão formada por integrantes do Conselho Universitário da Universidade Federal do Paraná (UFPR), visitou na terça feira (13), o município de Cornélio Procópio. Eles realizaram um levantamento técnico para definir se a cidade será contemplada com uma extensão do curso de medicina da UFPR.
Também em Cornélio, a comissão, liderada pelo vice-reitor da UFPR, Rogério Andrade Mulinari e formada pelos professores Ida Cristina Gubert e Roberto Ratzke, foi recepcionada no gabinete do prefeito Fred Alves, representantes da Câmara de vereadores e entidades relacionadas à saúde local.  
O roteiro preparado para colher dados sobre o município se estendeu durante toda à tarde, após uma reunião na prefeitura e visitas às obras do hospital egional e outras estruturas voltadas aos atendimentos em saúde, como a Unidade Básica de Saúde (UBS) do Conjunto Sibin, a Santa Casa, a sede do Cisnop, o Hospital Cegen, o SAMU e o Campus da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).
O primeiro esclarecimento realizado pelo vice-reitor foi o de que a decisão final será baseada no parecer da comissão, composta por onze membros, dos quais três vieram a Cornélio Procópio e do Conselho Universitário, órgão máximo da Universidade. “O que podemos adiantar é que os números são favoráveis e as condições excelentes, mas a discussão acontece em um ambiente coletivo e é uma decisão de colegiado”, observou.
Mulinari ainda lembrou que são pressupostos básicos para a instalação do curso de medicina devido à residência obrigatória, clinicas médicas de ginecologia e obstetrícia, cirúrgica e cardíaca. Além do curso de medicina, a UFPR tem ainda um leque de outros cursos que também deverão ser levados para o interior do Paraná, como os de engenharia de energias renováveis, de computação, de pesca e aquicultura e agrícola.
Os benefícios da vinda do curso para Cornélio Procópio foram destacados pelo prefeito Fred Alves. Ele lembrou que a presença dos cursos superiores potencializa as suas áreas e a vinda de um curso de Medicina vai fortalecer o setor no município. “A nossa intenção é cumprir todas as exigências técnicas que a UFPR está nos apresentando. Este curso vai contribuir para desencadearmos o conhecimento e fortalecer ainda mais o desenvolvimento da nossa cidade. Temos várias áreas disponíveis próximas do hospital regional, temos uma Universidade Federal que já se prontificou em sediar o curso antes da construção do novo Campus Universitário e possuímos todas as condições técnicas para atender a UFPR”, esclareceu o prefeito.
Fred destacou que os membros da Comissão ficaram satisfeitos com os terrenos apresentados e com toda a estrutura existentes no setor de Saúde no município. “Se o fator Técnico for decisivo, nossa cidade está apta a receber o curso”, disse o prefeito. (Com informações do setor de Comunicação da Prefeitura de Cornélio Procópio)

Comente