23 de set de 2013

Congonhinhas Contra as Drogas! Pela Vida somos um ! Coletiva de imprensa.



Foi realizado na manha desta segunda-feira (23), uma coletiva de imprensa no Departamento de Educação e contou com a presença do Secretário da Educação, Santino Gonçalves, idealizador da coletiva e do fórum sobre as drogas (que ocorrerá no dia 08 no Salão Paroquial, com a presença de autoridades regionais), Sargento Aroldo Sebastião, Padre Wellerson, Pastor Célio, Secretário da Saúde Reinaldo Villas Boas entre outros.
 Titulado "Congonhinhas contra as Drogas - Pela Vida Somos Um!", tem como objetivo tirar muitos do "mundo" das drogas, e também não deixar que outros entrem, este projeto tem apoio de muitos, mostrando que todos tem a coragem de fazer de Congonhinhas uma cidade modelo, quando o assunto se tratá de Violência e Drogas.
 A coletiva de imprensa durou pouco mais de 1 hora, e foi servido um grande banquete para os que ali se faziam presentes.

Alguns comentários que valem destaque:

Padre Wellerson:
"Drogas e Violência, a gente tem consciência do mal que ela é, só que as vezes a gente não sabe como agir diante destes fatos."

Pastor Célio:
"A Droga é um problema de todos nós, ela afeta todos da comunidade, direta ou indiretamente."

Sargento Aroldo:
"Parabenizou o secretário por estar a frente deste projeto, e sitou o maior problema da PM aqui em Congonhinhas, que é o tráfico de drogas, sitou ainda que crianças com idades de 8 a 12 anos entrando no mundo das drogas, e que crianças já foram pegas em posse de drogas em nossa sociedade."

Nas palavras do Secretário da Educação, Santino Gonçalves, "o senhor prefeito esta entusiasmado com o evento, ele se emocionou quando conversamos com ele sobre esse assunto, ele deu apoio integral e ainda colocou nós em contato com a interface, empresa que cuida da implantação da CAPS, eles vão estar presentes, o prefeito ainda disse que uma comunidade junta é uma comunidade unida, é uma comunidade que pode fazer muito mais, só no coletivo que nós vamos enfrentar os problemas da nossa sociedade."



Comente