27 de jun de 2013

Prefeito de Assaí acusa dono de site por práticas extorsivas



PREF.LUIZ ALBERTO VICENTE
O prefeito de Assaí, Luiz Alberto Vicente, disse em entrevista ao Radialista Devonir Custódio, que o responsável pelo Site Revelia, José Carlos Mateus, tem feito questionamentos sobre a maneira que está sendo feita a contratação dos 40 estágios, porque ele (Mateus) teria solicitado o cargo de Secretário da Cultura ou mesmo o cargo de Diretor e não teria conseguido. 
O prefeito diz ainda que “não entende e nem aceita práticas extorsivas de uma pessoa que tem um objetivo de “bater para acertar”. O prefeito afirma “em mim não vai dar certo. Bateu vai levar”. 
José Carlos Mateus
Segundo o prefeito Luiz Mestiço, o proprietário do Site Revelia, teria dito a ele que as atitudes do prefeito lhe te prejudicado, dizendo: 
“Você veja a situação da Transtim que levava de Assaí 130 mil reais por mês para prestar um serviço com ônibus velhos. O prefeito Tuti adquiriu novos ônibus e nós tomamos a decisão de colocar esses ônibus para puxar os alunos e não renovar o contrato com a empresa. Só que esta empresa, para não ser questionada e nem criticada, pagava por mês para o Mateus. E quando eu encerrei a parceria com a empresa o Mateus parou de receber”. 
O Prefeito Luiz Vicente citou também o caso do Hospital Próvida, dizendo: 
“No site Revelia o Próvida é igual ao (hospital) Sirio-Libanês. E todos nós sabemos que o hospital Próvida tem as suas deficiências, que eu tenho certeza que está todo mundo empenhado para corrigir, mas não sai nenhuma crítica do Próvida no Site Revelia porque o Mateus é muito bem remunerado para publicá-las”. 
Mestiço continua dizendo que “em outras administrações o Mateus tinha aquela prática de fazer as suas distorções, de forçar, para as vezes fazer alguma viagem e descobrir alguma coisa do município, e com isso fazer com que o Prefeito desse algum dinheiro pra ele ou advogado ou alguém”. 
“Para você ver – continua o prefeito – “Na festa da nossa cidade, dia 01 de maio, ele não cobriu as festividades. Porque ele queria que eu desse uma câmera fotografia pra ele que custa mais de mil reais. E nós não estamos em condições de fazer isso. Eu não vou me submeter a este tipo de extorsão. Esse tipo de extorsão nós vamos enfrentar”. 
O Prefeito Mestiço disse também que pretende questionar o Site Revelia e seu responsável José Carlos Mateus sobre a publicação de possível bullyng em escolas do município. 
“Eu pedi para os advogados da prefeitura verificar, porque ele criticou algumas professoras sobre bulling, sobre algumas mães, e isso é prática de pessoas covardes, que coloca no site “fulana de tal”, “a professora”, ou seja, não tem nome. Eu acho que as pessoas têm que dar nomes porque assim nós iremos abrir os processos administrativos e se tivermos que penalizar nós iremos penalizar”. O prefeito afirma ainda que, publicações assim acabam afetando toda a escola, ou seja, todas as pessoas que trabalham ou lecionam naquele estabelecimento de ensino. 
Sendo assim, o prefeito diz estar disposto a chamá-lo a responsabilidade perante o Poder Judiciário.  
Jornal Sol Nascente 

Comente