28 de jan de 2016

Assaí, Rancho Alegre e Santo Antônio do Paraíso enfrentam epidemia de dengue

Gazeta do Povo

Onze cidades do Paraná enfrentam epidemia de dengue, segundo o novo boletim sobre a doença divulgado nesta terça-feira (26) pela Secretaria de Estado da Saúde. Além de Munhoz de Mello, Santa Isabel do Ivaí, Paranaguá, Cambará, Mamborê, Itambaracá e Guaraci – que já faziam parte da lista –, também foram incluídos os municípios de Rancho Alegre, Santo Antônio do Paraíso, Assaí e Nova Aliança do Ivaí.

Para que seja considerada situação epidêmica, é preciso a confirmação de mais de 300 casos a cada 100 mil habitantes. Desde agosto do ano passado, já são 2.693 casos confirmados, distribuídos em 153 municípios paranaenses. O boletim da semana passada apontava cerca de 2,2 mil casos.

Mortes

O novo boletim traz ainda a confirmação de três novas mortes por dengue no estado. Os óbitos aconteceram entre 11 e 24 de janeiro nas cidades de Paranaguá (2) e Foz do Iguaçu (1). Com isso, sobe para cinco o número de mortes pela doença neste ano.

Segundo a Secretaria, os óbitos de Paranaguá correspondem a uma idosa de 89 anos e um homem de 34 anos. Os dois tinham histórico de doença crônica. Já a morte de Foz do Iguaçu foi de uma jovem de 27 anos, sem nenhuma doença pré-existente. Outras duas pessoas já tinham morrido de dengue no estado em 2016 – ambas em Paranaguá.

Segundo o boletim, os municípios com maior número de casos notificados são Londrina (4.245), Paranaguá (2.100) e Foz do Iguaçu (1.645). Os municípios com maior número de casos confirmados são: Paranaguá (766), Foz do Iguaçu (424) e Londrina (376).

Mapa da dengue

Desde agosto do ano passado, já são 2.693 casos confirmados, distribuídos em 153 municípios paranaenses. Confira as 11 cidades em situação de epidemia:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente