1 de jul de 2014

Pai de criança com doença terminal de envelhecimento rouba doação que realizaria sonho da própria filha



Albi Elliott roubou o dinheiro doado por um clube de ciclismo para sua filha realizar o sonho de fazer uma viagem.


Ashanti Elliott-Smith, de 11 anos, tem a doença terminal Progeria, que acelera o envelhecimento. 

A criança recebeu uma doação de 13 mil reais de um clube de ciclismo local, em 2010, para realizar o sonho de viajar para mergulhar com golfinhos. 

O pai Albi Elliott, de 44 anos, escondeu o dinheiro do resto da família e em dois meses gastou toda quantia em viagens. Por acaso a mãe de Ashanti descobriu. 

Ele foi preso por três anos, ao ser julgado por ações desonestas. 

Em dezembro de 2010 ele disse aos organizadores do evento do clube de ciclismo para colocar o cheque em seu nome para reservar a viagem. Dois meses depois, Ashanti e sua mãe participaram de outro evento no clube e descobriram o roubo quando um dos organizadores mencionou sobre o dinheiro e ela não sabia nada. 

Atormentada, a mãe Smith disse: "Sabendo que ele roubou dela, me matou por dentro. Para mim é o mesmo que abuso, e é doloroso para Ashanti para saber que ele arruinou seu desejo." 

Defendendo suas ações, Elliott disse ao júri que estava guardando o dinheiro do seguro para o funeral de Ashanti. Em seguida, ele alegou ter enterrado os milhares de libras em seu jardim. Mais uma vez, a polícia não encontrou nada. 

Abalado pela experiência, o clube agora se recusa a patrocinar quaisquer casos individuais.
TecMundo 

Comente