15 de jun de 2014

Dilma tem maior rejeição e cresce desconfiança e desaprovação do governo


Os números do Ibope não são bons para a presidente Dilma Rousseff (PT). A petista é mais rejeitada entre os candidatos, com 38%. Aécio Neves (PSDB) e Pastor Everaldo (PSC) têm 18% de rejeição. Eymael (PSDC) tem 15%; Eduardo Campos (PSB) e Magno Malta (PR) - ambos com 13% de rejeição.

A avaliação do governo Dilma também deve preocupar a petista. Os conceitos ruim (13%) e péssimo (22%) superam ótimo (7%) e bom (24%). Trinta e dois por centos dos eleitores classificaram seu governo como regular. No geral, 51% desaprovam Dilma enquanto 44% a aprovam. E 53% afirmaram que não confiam na atual presidente e 41% disseram que confiam - nesse ponto, 5% não souberam responder.

O Ibope fez a pesquisa para a União dos Vereadores de São Paulo. Entrevistou 2002 eleitores em 142 cidades entre os dias 4 e 7 de junho. A margem de erro é de 2% e o grau de confiança de 95%. A pesquisa está registrada no TSE, sob o número BR-00154/2014.

Comente