2 de abr de 2014

Aumento de impostos de bebidas gerará receita R$ 200 milhões


A mudança na tributação de bebidas, cuja regulamentação foi publicada nesta terça-feira (1º) no Diário Oficial da União, irá gerar uma receita adicional de R$ 200 milhões para os cofres públicos, de acordo com informações do Ministério da Fazenda. 

A medida prevê o reajuste no redutor que define a tributação de IPI, PIS e Cofins para cervejas, refrescos, isotônicos e energéticos. O secretário executivo adjunto do Ministério da Fazenda, Dyogo Oliveira, e representantes da Receita Federal darão explicações ainda nesta terça-feira, 01, sobre a mudança.
Agência Estado 

Comente