29 de mar de 2014

UENP forma 750 pessoas no Bom Negócio Paraná nos municípios de Congonhinhas, Ibaiti e outros

Clique para Ampliar

Em menos de dois anos, a Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) já formou 750 pessoas no programa Bom Negócio Paraná. O treinamento de empreendedores e consultoria empresarial realizado pela Instituição por meio de programa Estadual alimentam oportunidades no mercado de trabalho, como é o exemplo do vendedor autônomo João Carlos Peixoto Pessoa, 49, de Cornélio Procópio. "O curso foi excelente! Agora, meu principal objetivo é aplicar o que aprendi na área comercial para melhorar minhas vendas".

A oportunidade abraçada por João Carlos chegou também a empreendedores dos municípios de Assaí, Bandeirantes, Cambará, Congonhinhas, Ibaiti, Quatiguá, Santo Antônio da Platina, Santa Mariana, além de Cornélio Procópio. O Projeto inicia, ainda neste mês, turmas nos municípios de Nova Santa Barbara, Nova Fátima e Cornélio Procópio. O curso deverá ser levado ainda a outros municípios de atuação da Universidade.

Com ações voltadas ao desenvolvimento local econômico e social e à geração de emprego e renda por meio de capacitação e consultoria empresarial, o programa, visa capacitar à micro, pequenos e informais empreendedores a fim de contribuir para o desenvolvimento e crescimento da região, além de propiciar uma maior integração da Universidade com a comunidade, como salienta o coordenador do projeto na UENP, professor Sérgio Roberto Ferreira.

"O programa proporciona uma forte ligação entre a UENP e as prefeituras, bem como com a comunidade empresarial, principalmente, com os micros e pequenos empresários e informais", destaca Sérgio. Ele lembra que no processo estão envolvidos ainda representantes das associações comerciais, sala do empreendedor e agentes de crédito.
O coordenador ressalta a importância do Bom Negócio para os bolsistas integrantes. "Sem dúvida, é um aprendizado muito importante para todos que participam, pois os bolsistas têm a oportunidade de ministrar os cursos e a operacionalização do projeto nos termos de documentação, prospecção e os relacionamentos como um todo".

A bolsista recém-formada em Ciências Econômicas pela UENP, Lorena Regina de Oliveira, que, antes de participar do projeto, trabalhou na área financeira de uma empresa, comenta que está sendo uma grande oportunidade para sua vida o Bom Negócio Paraná. "Está sendo uma grande chance de poder me aperfeiçoar como profissional e descobrir uma nova possibilidade de atuação no mercado de trabalho: o de aulas e consultorias".

Um dos grandes benefícios do projeto, explica o professor Sérgio, é o acesso à linha de crédito com juros subsidiados, além da capacitação de duração de 66 horas recebida pelos empreendedores, por meio da qual são desenvolvidos os temas: Gestão Estratégica, Financeira, Comercial, Recursos Humanos e Gestão de Negócios. Durante o projeto, o empresário ainda recebe as visitas técnicas dos consultores para diagnósticos e sugestões nos negócios empresariais dos participantes.

Integram o projeto também o orientador de atividades, professor Paulo Rogério Alves Brene, e os alunos participantes recém formados: Marcela Roncon Maia, Leila Cristina Domingues Gomes e Marina Antunes Beffa, e alunos graduandos: Layane de Castro Pedro e Roberto Faustino de Barros Neto.
Informe Policial

Comente