26 de mar de 2014

Papa Francisco nomeia como Bispo da Diocese de Cornélio Procópio, Dom José Manoel

Nesta manhã de quarta-feira, 26 de março de 2014, o Papa Francisco nomeou como Bispo da Diocese de Cornélio Procópio o então Bispo de Chapecó-SC, Dom José Manoel João Francisco.

Após 30 anos de dedicação e zelo, a Diocese de Cornélio Procópio se despede no dia do fraterno Bispo Dom Getúlio Teixeira Guimarães, SVD que passa a ser Bispo Emérito.  Ele que nasceu em Cipotânea - Minas Gerais em 17 de outubro de 1937. Foi o terceirobispo da Diocese de Cornélio Procópio. Sua ordenação sacerdotal foi em 4 de agosto de 1966, em Barbacena Minas Gerais, aos 22 de março de 1981  foi ordenado bispo na cidade de Ponta Grossa, no Estado do Paraná.

O Papa João Paulo II o elegeu como bispo residencial de Cornélio Procópio. A posse deu-se em 20 de maio de 1984, com a presença de Dom Carlo Furno, que na época era o núncio apostólico do Brasil.

Nestes 30 anos, Dom Getúlio vem colocando em prática o seu lema: “Qui Pertransiit Benefaciendo” (Que passou fazendo o bem). Como pastor zelosíssimo pelo rebanho, incentiva o surgimento de vocações e não se cansa de convidar os leigos a assumirem o seu protagonismo dentro da Igreja Católica.

O novo Bispo, transferido da sede Episcopal de Chapecó, Dom Manoel João Francisco é natural de Machados, Itajaí (SC). Recebeu a ordenação presbiteral em 8 de dezembro de 1973, em Navegantes (SC). Foi nomeado bispo em 28 de outubro de 1998. É bispo de Chapecó desde 21 de fevereiro de 1999.

Entre 2003 e 2007, foi presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Liturgia, da CNBB. Também atuou como referencial da Pastoral Indígena e da Liturgia no regional Sul 4 (Santa Catarina). Em 2011, foi eleito presidente do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (Conic).

Nossa Diocese de Cornélio Procópio agradece imensamente Dom Getúlio pelos seus trabalhos em nosso meio e acolhe com carinho o novo Bispo diocesano, Dom José Manoel João Francisco.



Nesta manhã de quarta-feira, 26 de março de 2014, o Papa Francisco nomeou como Bispo da Diocese de Cornélio Procópio o então Bispo de Chapecó-SC, Dom José Manoel João Francisco.
Após 30 anos de dedicação e zelo, a Diocese de Cornélio Procópio se despede no dia do fraterno Bispo Dom Getúlio Teixeira Guimarães, SVD que passa a ser Bispo Emérito. Ele que nasceu em Cipotânea - Minas Gerais em 17 de outubro de 1937. Foi o terceirobispo da Diocese de Cornélio Procópio. Sua ordenação sacerdotal foi em 4 de agosto de 1966, em Barbacena Minas Gerais, aos 22 de março de 1981 foi ordenado bispo na cidade de Ponta Grossa, no Estado do Paraná.
O Papa João Paulo II o elegeu como bispo residencial de Cornélio Procópio. A posse deu-se em 20 de maio de 1984, com a presença de Dom Carlo Furno, que na época era o núncio apostólico do Brasil.
Nestes 30 anos, Dom Getúlio vem colocando em prática o seu lema: “Qui Pertransiit Benefaciendo” (Que passou fazendo o bem). Como pastor zelosíssimo pelo rebanho, incentiva o surgimento de vocações e não se cansa de convidar os leigos a assumirem o seu protagonismo dentro da Igreja Católica.
O novo Bispo, transferido da sede Episcopal de Chapecó, Dom Manoel João Francisco é natural de Machados, Itajaí (SC). Recebeu a ordenação presbiteral em 8 de dezembro de 1973, em Navegantes (SC). Foi nomeado bispo em 28 de outubro de 1998. É bispo de Chapecó desde 21 de fevereiro de 1999.
Entre 2003 e 2007, foi presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Liturgia, da CNBB. Também atuou como referencial da Pastoral Indígena e da Liturgia no regional Sul 4 (Santa Catarina). Em 2011, foi eleito presidente do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (Conic).
Nossa Diocese de Cornélio Procópio agradece imensamente Dom Getúlio pelos seus trabalhos em nosso meio e acolhe com carinho o novo Bispo diocesano, Dom José Manoel João Francisco.
Padre Élcio José

Comente