10 de set de 2013

Ocorrências Policiais / 18º Batalhão


Cornélio Procópio
VIOLÊNCIA DOMÉSTICA: No decorrer do dia equipe PM deslocou até as imediações de um Colégio Municipal localizado na Avenida Bento Ferraz de Campos, onde o solicitante disse ter visto uma mãe agredir muito violentamente a própria filha de 7 anos através de tapas no rosto. Segundo a testemunha, não é a primeira vez que a mãe agride com tamanha violência a filha. Em posse dos dados a equipe PM deparou com a acusada e com a filha (vítima), sendo que, ela passou a menoscabar a ação policial, bem como, disse que “a filha era dela e que portanto poderia fazer o que bem quisesse”. Isso posto, e como a menina possuía alguns hematomas na face, o Conselho Tutelar foi acionado, e a genitora agressora encaminhada para o devido procedimento legal.

VIAS DE FATO: No início da madrugada, 00h40m, equipe PM deslocou mediante solicitação até a Avenida XV de Novembro, onde apurou que duas jovens com idades de 17 e 18 anos se encontravam brigando. Ambas foram encaminhadas para o devido procedimento legal.

Santa Mariana
ACIDENTE DE TRÂNSITO COM VÍTIMA FATAL: Por volta de 11h10m da manhã equipe PM deslocou até o Km 70 da BR-369, Trevo de acesso à cidade de Santa Mariana, a fim de prestar auxílio ao Corpo de Bombeiros e à Polícia Rodoviária Federal, uma vez que ali ocorrera uma colisão frontal entre um caminhão e uma motocicleta. O condutor da motocicleta, Sr Francisco Cândido de Morais Filho, 71 anos, oriundo de Congonhinhas, foi encontrado já sem vida e sem uma das pernas dada a gravidade da colisão com o caminhão. Já o condutor do caminhão que se encontrava bastante nervoso, explicou que a vítima vinha em sentido contrário ao seu quando de repente entrou em uma das rodas do caminhão. O local foi preservado até a chegada da Polícia Técnica e do IML para a remoção do corpo.
OBS: O trecho em que ocorreu o acidente é tido como um local em que o motorista deve tomar muito cuidado.

Congonhinhas
DESOBEDIÊNCIA A DECISÃO JUDICIAL: Ás 19h00 equipe PM realizava patrulhamento pela Rua Elias Salim Maruch quando um indivíduo de 19 anos e sua companheira foram parados uma vez que denotavam atitude suspeita. Em seguida, durante conversação, a equipe PM apurou que o casal estava descumprindo determinação judicial de restrição de direitos civis de se manter em horário e local inapropriados, uma vez que a partir de 19h00 ambos não poderiam se ausentar da residência. Diante do exposto, o casal seguiu encaminhado por haver desobedecido a ordem judicial, o que por sua vez poderá acarretar na perda do benefício em liberdade condicional.

Comente