14 de ago de 2013

Mulheres representam 49% dos telespectadores de canais eróticos


playboy tv logo
Pesquisas recentes mostram que as mulheres já representam quase metade dos consumidores de canais eróticos. Cerca de 49% da audiência. Ao todo os assinantes já são cerca de 400 mil. De acordo com levantamente feito no primeiro semestre de 2013, esta é a melhor marca da história.
Segundo a colunista Keila Jimenez o crescimento é fruto, entre outras coisas, do investimento em produtos nacionais, faixas horárias e conteúdo que seguem a demanda de um público diferenciado, e até dispositivos de segurança para manter a privacidade do usuário.
As donas de casa são a maioria nas faixas especiais de programação, como a das 13h. “É um horário mais tranquilo, elas já levaram os filhos na escola, o marido está trabalhando…”, conta Maurício Paletta, diretor do canais Playboy.
No serviços on demanda, os vídeos mais vendidos são os longas-metragens com transexuais. Os filmetes com 20 minutos também estão entre os mais pedidos.
Uma das novidades que agradou o público desses canais foi o botão antiflagra. No site do Sexy Hot, o telespectador, em caso de emergência, basta dar clique que imediatemante aparece outra tela sem conteúdo pornográfico.

Comente