17 de jan de 2014

Ocorrências Policiais / 18º Batalhão


Bandeirantes:
INFRAÇÃO DE TRANSITO I: Em Patrulhamento pela Rua Michel Kalil Abrão a Equipe Rotam veio a realizar a abordagem na motoneta Honda Biz 125 ES de cor preta, de placas AOL-1662, a qual estava sendo conduzida pela pessoa de A. K. B. S. (17 anos), ao verificar junto ao Sistema Policial constatou que o mesmo não possui Carteira Nacional de Habilitação ou permissão para conduzir veículo. Diante dos fatos foi encaminhado até a sede da 2º Companhia para serem lavrada as respectivas notificações. 

INFRAÇÃO DE TRANSITO II: Em patrulhamento pela Avenida Edelina Meneghel Rando a Equipe Policial abordou uma Motocicleta Honda /CG 125, placa LXF-4539 de cor preta , conduzida pelo Sr.    M. A. P. S., 20 anos, ao realizar a averiguação dos documentos de porte obrigatório foi constatado que o condutor, o Sr. M. não possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e ainda, a motocicleta apresentava escapamento adulterado. Diante dos fatos, o Sr. M. e a motocicleta foram conduzidos até a sede da 2ª Companhia para apreensão do veículo e notificações cabíveis. 

DANO: O Sr. E. R. S. informou via 190 que um veiculo havia danificado o portão, a calçada e o relógio de energia de sua residência, no local a equipe identificou o condutor do veículo a. T. R.. A. Entrou em acordo com e. E disse que iria reparar os danos, e. Não manifestou interesse em representar em desfavor de a.. Diante dos fatos ambos foram orientados. 

Barra do Jacaré:
FURTO SIMPLES: Relata a Srta. M. R. B., que esteve na rodoviária de Cascavel no dia 20/08/2013, por volta das 23h55min, onde teve sua bolsa furtada, juntamente com seu C.P.F. e Título Eleitoral, Cartão do S.U.S., e veio nesta data 16/01/2014, realizar o Boletim de Ocorrência, para que possa retirar novos documentos. 

PERTURBAÇÃO DO TRABALHO OU SOSSEGO ALHEIO: Após solicitação via 190 a Equipe de Serviço deslocou até a Chácara Dutra onde segundo o Sr. R. F. A. estava acontecendo uma festa e o som estava incomodando. No local deparamos com o Sr. R. o qual nos recebeu de maneira ríspida e ao perguntar ao mesmo o que estava acontecendo se dirigiu a Equipe dizendo para fazermos o nosso serviço. Foi perguntado também ao Sr. R. se tinha interesse em representar contra os responsáveis pela festa o qual se dirigiu novamente a Equipe de Serviço dizendo para fazermos nosso serviço e que era vereador dessa cidade e que só fazíamos o que o prefeito mandava.  Posteriormente entrou em seu veiculo e saiu do local. Entramos no local onde estava ocorrendo uma festa, onde haviam cerca de doze pessoas e um som ligado em altura media e solicitamos para que desligassem o som sendo prontamente atendido. Também fomos informados pelos participantes da festa que minutos antes o Sr. R. teria jogado rojões em cima do telhado da casa onde estavam. 

Comente